Como a Programação Neurolinguística (PNL) pode mudar a sua vida

March 19, 2019

 

Psicóloga clínica, jornalista, escritora premiada, Vanessa Maranha é ligada à linguagem.

Na Psicologia, a profissional vem de uma formação solidamente psicanalítica, mas sempre  antenada às novas abordagens, mais recentemente, agregou à sua prática a Neurociência, valendo-se de técnicas de hipnoterapia e Programação Neurolinguística (PNL) em seu trabalho de Psicologia Clínica. “Entendendo que o  inconsciente seja uma linguagem, conforme ensinou Jacques Lacan, ele tem os seus próprios códigos e sua lógica específica. A PNL, como uma forma de comunicação, alcança isso de uma forma muito interessante”, explica a psicóloga.

 

 Programação Neurolinguística  (PNL) é definida como uma abordagem de comunicação, uma ferramenta de desenvolvimento pessoal e de psicoterapia criada pelo psicólogo Richard Bandler e pelo linguista John Grinder nos Estados Unidos, na década de 1970, e desenvolvida ao longo das décadas posteriores com o acréscimo das práticas terapêuticas de Fritz Perls, Virgina Satir e da hipnoterapia de Milton Erickson.

 

A base da PNL está na conexão entre os processos neurológicos (neuro), a linguagem (linguística) e os padrões comportamentais aprendidos por meio da experiência (programação), padrões que podem ser alterados para alcançar metas e informações específicas. Partindo da influência do russo Ivan Pavlov, que desenvolveu o conceito de condicionamento clássico, um dos pilares da psicologia comportamental, a PNL busca estudar os padrões e "modelar" as habilidades de pessoas excepcionais, de modo que essas habilidades possam ser replicadas e, portanto, aprendidas, como que numa engenharia reversa. 

 

Vanessa Maranha concedeu entrevista ao jornal Comércio e nos falou um pouco mais sobre essa técnica.

 

A Programação Neurolinguística é uma linha da Psicologia?

Embora toda a sua base esteja nas correntes da Psicologia, é mais uma metodologia, um conjunto de ferramentas que ganhou expressão mais prática que teórica ou acadêmica e que acabou apropriada por outras áreas de trabalho ligadas ao desenvolvimento humano, não sendo, portanto, uma prática exclusiva da Psicologia. A Neurociência tem, como campo de estudo, se associado à hipnoterapia pós-Milton Erickson e à Programação Neurolinguística.

 

Quais são as indicações dessa ferramenta?

A PNL, em associação com a hipnoterapia (procedimento que utiliza a hipnose) oferece técnicas muito eficazes indicadas ao tratamento de dificuldades psicológicas como fobias, transtornos do humor como ansiedade edepressão, distúrbios comportamentais, doenças psicossomáticas, distúrbios de aprendizagem, mudanças de hábitos, entre outros.Vou lhe dar um exemplo pessoal. Fui fumante por mais de 20 anos, com várias tentativas de cessação desse péssimo hábito, mas sempre retomava. A Programação Neurolinguística foi crucial para eu abandonar o tabagismo. Não é que esse método cure a compulsão, ele a realoca, muda a compulsão de lugar. Em mim, eu criei uma compulsão por não querer o cigarro, por exemplo, e foi libertador. Uma técnica muito eficaz, claro, se o paciente quiser, porque não é mágica. É preciso desejo e responsabilização por parte de quem deseja se tratar. E é também uma terapia sob medida que embora tenha os seus protocolos de ação, é desenvolvida caso a caso.

E por que esse método apresenta um grande índice de eficácia e rapidez?

Exatamente por entender que know how (saber como) é mais interessante que know why (saber por que). Nosso funcionamento segue uma determinada lógica, estrutura e padrão.  Costumamos repetir estratégias em variados contextos. Tudo o que se tem em mente a respeito da realidade é apenas uma percepção da realidade e no final tudo deságua em: você quer ter razão ou ser feliz? A percepção é sempre parcial. Controle é uma ilusão.  Essa linha parte de uma minuciosa observação para descobrir quais são a lógica e os padrões mentais do paciente em questão e é uma técnica que basicamente atua no sistema de crenças e na forma como apreendemos e percebemos a realidade. Há todo um jargão ligado a essa prática, como operadores modais na linguagem, metamodelos, submodalidades, mudança de análogos etc.  mas, o que aqui interessa saber é que terapeuticamente,  trabalha efetivamente e muito objetivamente a imaginação ativa na construção de imagens de modo a que a realidade seja percebida e vivenciada de uma forma menos disfuncional.

 

A Programação Neurolinguística (PNL) pode mudar a nossa vida?

Toda terapia pode ser transformadora, se o paciente assumir a sua parte no processo que é a não terceirização das suas questões (respeitando-se, claro, tudo o que seja de ordem sistêmica). A meta é a ressignificação, a criação de novos significados, ou seja, a abertura de novos caminhos neurais, por meio de estímulos específicos em que se reforça o ‘estado de presença’, viver o presente. O passado já foi, é apenas referência. O futuro ainda não chegou, é um desenho, um projeto. O que temos mesmo é o presente. Que possamos vivê-lo então de forma inteira. Quando estiver no presente, conecte-se ao seu corpo. Aprenda a colocar sua energia nas coisas mais positivas. Saiba a que se associar e do que se dissociar. Todas as vezes que nos associamos ao sofrimento, ele fica forte. Quando nos dissociamos dele, ele enfraquece. Assumir tuas fraquezas te torna forte. Na vida você pode ser contagioso ou contagiante. O que é melhor? A PNL trabalha com a ideia de ser geradora de novas programações mentais (percepções e comportamentos), porque tudo, na nossa vida, começa por uma ideia e, portanto, uma imagem, algo que Aristóteles já dizia na Antiguidade: “uma imaginação vívida compele o corpo a obedecê-la, gerando um princípio natural de movimento”. E Richard Bandler, um dos criadores da PNL já disse: “o cérebro não trabalha por resultados e sim por direções. Se você não estabelecer as suas próprias direções, alguém o fará”.

______________________________________________

SERVIÇO

Para saber mais ligue (16) 3722-0375 ou envie mensagem para (16) 98181-9998

Endereço: Rua José Chediak, 259, Vila Monteiro.

 

Please reload

Our Recent Posts

Depressão

March 21, 2020

O Nome do Pai

March 19, 2019

A importância dos valores

March 19, 2019

1/1
Please reload

Tags

Please reload

Sou um parágrafo. Clique aqui para adicionar e editar seu próprio texto. É fácil.

©2018 BY LITERAL MIND VANESSA MARANHA. PROUDLY CREATED WITH WIX.COM

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now